armadilha para mosca da fruta

Legumes e salada

 

O consumo de legumes é fundamental para ter um corpo e uma mente saudáveis, especialmente no caso dos mais pequenos, que precisam dos nutrientes que estes alimentos contêm para garantir um bom crescimento dos seus ossos e músculos.

A produção de certos legumes (como a batata doce, cenoura, mandioca) é muito fácil e não precisa de tantos cuidados, já em outros casos todo cuidado as vezes é pouco. Quem ouve falar na agricultura biológica muitas vezes pensa que é tudo maravilhoso, é mais fácil, tem menos custos etc... mas, não é bem assim, essa agricultura muitas vezes é frustrante... Como estamos num meio onde a maioria dos agricultores usam inseticidas, pesticidas e antifúngicos, a nossa propriedade é um paraíso para insetos, e fungos, é um lugar onde podem viver tranquilamente.

Quando as sementes que colocamos a germinar não são comidos, as plantinhas novas são, quando as plantinhas não são comidas, os frutos são.

Os nossos maiores inimigos aqui são os mil pés, o "croco", a mosca da fruta mediterrânica e os pardais.

Os pardais atacam todos os frutos mas, principalmente os tomates... Interessante que um tomate grande é suficiente para saciar um pardal, mas estes preferem comer um pouquinho em cada um dos tomate maduros deixando todos com mau aspeto impossível de ser aceite no mercado. Por outro lado estes também são carnívoros e comem a lagartas que atacam as plantas.

A mosca da fruta e o croco já são mais difíceis de controlar, estes são atraídas pela cor amarela e/ou laranja então picam qualquer legume que tem flor dessa cor deixam dentro do legume ovos que depois vão nascer larvas, há diversas formas de controlar este inseto e até têm inimigos naturais (parasitas) mas, não é fácil encontra-los. Nós usamos uma vasilha de 5 litros amarelo com buracos grandes e um pouco de água com creolina, estes atraídos pela cor caem na água e morrem (ver foto 2).

Para os mil pés não há inimigos naturais, a única forma que encontra-mos para não comerem os nossos frutos é dar-lhes comida, ou seja, deixamos no chão pedaços de frutas e no outro dia bem cedo recolhemos os mil pés que estão nelas lançamos numa lata com petróleo e ai morrem.

Como a nossa agricultura é baseado nos ciclos lunares não podemos perder nenhum dia de trabalho, já comprovamos que estas forças têm grande influencia no jardim, uma semente posta para germinar no dia errado ou não nasce ou nasce com muitos problemas, uma planta cortada ou tratada no dia errado pode até morrer... isso são só exemplos do quão complexo é intender essas influencias, não é apenas ler um livro e aprender, claro que ler alguns livros sobre isso é a base mas, é necessário um longo período de observação e testes... Ao longo do tempo começamos a comportar como o universo quer sem nos apercebermos, mas exige tempo e dedicação.

A maioria dos animais têm o instinto de seguir os ritmos do universo, os humanos perderam este ritmo por causa do sistema em que vivemos, desde criança quando vamos a escola começamos a viver num ritmo que não é natural. Quando adultos começamos a trabalhar temos horário para tudo deitamos sempre tarde etc.. sem falar daqueles que trabalham a noite.

As plantas, na minha opinião, são os seres vivos que estão mais orientados neste ritmo.

 

 

Foto 2: armadilhas para mosca da fruta