Ficam bem em sopas, pratos com massa ou arroz, manteigas de ervas e em saladas. As pétalas tingem de amarelo sopas, molhos e ovos mexidos.
Retire os talos e lave as flores numa taça com água, de forma a manter o seu aroma e cor.  
Depois de secarem, acrescente-as a um cozinhado. Este não deverá ser demasiado complexo, pois eliminará o delicado aroma da flor. Além de darem um aspecto sofisticado a uma salada, as flores comestíveis podem ter a mesma utilização culinária que as ervas aromáticas. Ou seja, pequenas quantidades de cada vez.
A calêndula é uma planta medicinal, também conhecida como bem-me-quer, mal-me-quer, maravilha, margarida dourada ou verrucária, muito utilizada no tratamento de problemas de pele, como psoríase e queimaduras. A calêndula serve para ajudar no tratamento de acne, aftas, gastrite, dermatite, dismenorreia, úlceras, psoríase, rachaduras no seio, varizes, candidíase, verruga, vômito, alergias, assaduras, queimaduras de sol, feridas, brotoeja, cólica menstrual, clarear manchas e inflamações.
As propriedades da calêndula incluem sua ação adstringente, analgésica, antiabortiva, anti-inflamatória, antifúngica, calmante, cicatrizante, antialérgica, antifúngica, antiviral, reguladora da menstruação, tonificante da pele e bactericida.

outras fotos: