As Flores

 

A beleza das flores é sua missão aqui na terra. Elas existem para mostrar a diversidade e criatividade Divina que deu forma a uma das mais belas imagens que podemos contemplar com seu colorido e leveza. Tire as cores da flor ou a suavidade de suas pétalas e então ela deixará de cumprir sua missão no mundo. Não servirá mais para embelezar e se tornará um vegetal qualquer.

A flor é o órgão de reprodução sexuada das plantas superiores, e após sua fertilização transformam-se em frutos, dos quais nos alimentamos. Existem flores solitárias, como a abóbora e a rosa, e agrupadas, formando inflorescência como a margarida e a hortência. A inflorescência é protegida por folhas especiais, chamadas brácteas. Há muitos tipos de inflorescências, no caso das margaridas são chamadas de capítulo e o que chamamos de pétalas, são na verdade as lígulas. As flores atraem insetos e pássaros, que nos ajuda a aumentar a diversidade da vida em nosso jardim, trazem amor e alegria aos nossos olhos e corações. Muitas flores são comestíveis, porém poucas são conhecidas e usadas em nossa alimentação. A couve-flor, o brócolis e a alcachofra são as mais comumente utilizadas. É importante ter estas noções básicas pois quando se fala de flores comestíveis, nem sempre é a flor inteira. O néctar é uma secreção adocicada das flores que atraí os insetos e pássaros polinizadores, fazendo com que as flores sejam agradáveis ao paladar. Já os óleos essenciais dão aroma distinto e muitas vezes têm propriedades medicinais. As flores comestíveis não apresentam contra-indicação e podem ser utilizadas como alimento em saladas, sopas, refogados e assados, em sobremesas como bolos, cremes e pudins, e também em sucos e vitaminas. Existem as flores que são venenosas ou tóxicas, contendo substâncias nocivas ao homem. Por isso, só devemos usar flores que conhecemos. É essencial identificarmos as plantas pelos nomes científicos pois os nomes populares variam muito e podem gerar confusões. É recomendável escolher as flores que estão bonitas e utilizar somente flores orgânicas, além de nunca comer flores de florista, viveiros ou de beira-de-estrada. Outro ponto importante de lembrarmos ao consumirmos flores como alimento, é que a flor sendo o órgão reprodutivo, ao ser retirada, inviabiliza a produção de sementes e assim a proliferação da espécie. Portanto, o ideal é cultivarmos estas plantas para consumirmos suas flores. As flores devem ser colhidas de manhã, com o sol ainda fraco, lavadas e depois secas rapidamente com muito cuidado. Podem ser guardadas frescas na geladeira (por algumas horas) ou secas a sombra para posterior uso.